População  – 55.915 hab (IBGE 2010)

Área – 390 km2

Bioma – Cerrado

 

História

Tornar uma área onde havia uma fazenda em uma cidade. Foi isso que fez Cleto Meireles, proprietário nos anos 70 da Construtora Ocidental. Foram menos de três anos desde a aquisição das terras da Fazenda Aracati, propriedade do corretor de imóveis cearense João Batista de Souza, em 1974, até a inauguração da cidade, em 15 de dezembro de 1976.

Nas proximidades do lago da entrada da cidade havia um alambique e um canavial. De acordo com o documento “O Município de Cidade Ocidental”, a barragem do Córrego Jacob, conhecida pelos nomes de Lago Ocidental e Lago Saia Velha, foi construída em 1970 para o abastecimento de água da Fazenda Aracati. A Construtora Ocidental ampliou a barragem e a transformou no Clube Recreativo de Lazer. Em 1975, o projeto de construção da cidade foi aprovado pela prefeitura de Luziânia e deu-se início às obras. A primeira área construída foi a Super Quadra 11. Começou com 860 casas e 27 pontos comerciais.

Para vender os imóveis, a construtora fez um colégio, onde hoje é o Batalhão da Polícia Militar, no Parque Nova Friburgo. A construtora também providenciou o transporte dos estudantes. Quando a SQ 11 foi entregue, o município de Luziânia assumiu a administração e a cidadã cresceu. Veio a SQ 12, a SQ 15 e as demais super quadras. Ao fim das obras, o número de lotes eram 14.383. Todas as quadras construídas foram dotadas de infraestrutura completa, com redes de águas potável e pluvial, esgoto, iluminação pública, sarjeta, meio fio, calçadas e asfalto, sendo as casas habitacionais pela Larck, Haspa e Economisa.

As terras que deram origem ao Parque Nova Friburgo pertenciam a Aleixo Pereira Braga e se chamavam Fazenda Saia Velha. Severiano Braga, de 91 anos, filho de Aleixo, chegou à Fazenda Saia Velha em 1945. Na época, segundo ele, só havia moradores no bairro Jacob e no Povoado Mesquita. As áreas onde hoje são Friburgo, São Mateus, Parque Nápoles e Cidade Ocidental pertenciam ao seu pai, que faleceu aos 79 anos. Cada um dos quatro filhos herdou uma porção de terra. Ele ficou com a área que hoje corresponde ao Friburgo e ao Nápoles. Diversas porções de terra da família foram vendidas. As terras onde hoje é o Parque Nápoles, por exemplo, passou por vários donos até serem adquiridas pela Marajó Empreendimentos Imobiliários que loteou o bairro.

 

Emancipação

Em 1987, foi promulgada a primeira Lei Orgânica de Luziânia, o Núcleo Habitacional, que contava com 6.796 unidades construídas, elevando Cidade Ocidental à condição de distrito, com direito a uma administração local. Em 1990, o movimento “Frente Comunitária” defendeu a emancipação. Com o resultado de um plebiscito, no dia 9 de dezembro do mesmo ano, ficou decidido que a Cidade Ocidental se tornaria município, fato concretizado em 16 de janeiro de 1991. No dia 1º de janeiro de 1993, Antônio de Pauda Alves Lima assumiu como primeiro prefeito da cidade. Também estiveram à frente da prefeitura Mauro Abadia (1997-2000), Plínio Rodrigues de Araújo (2001-2004) e (2005 a março de 2008), Sônia Mello (assumiu em março de 2008 com o falecimento de Plínio Araújo, permanecendo até 31 de dezembro do mesmo ano), Alex José Batista (2009-2012) e seguido por  Giselle Araújo (2013-2016). Fábio Correa (2017-2020) é o atual prefeito.